Conheça o Mapbiomas Árida 2019

De forma independente surgiu em 2015 o Projeto Mapbiomas (www.mapbiomas.org), formado por uma rede de especialistas que mapeou a cobertura e uso do solo para todo o Brasil por meio de Imagens do Satélite Landsat de forma rápida e atualizada, e que possibilitou recuperar o histórico das últimas três décadas.
A convite do MMA, o grupo que mapeou o Biomas caatinga no Projeto Mapbiomas foi desafiado a implementar um sistema de monitoramento das áreas degradadas em todo o bioma e em paralelo monitorar também as ações de Projetos para recuperação de áreas degradadas.

Então, o Projeto MapBiomas – Arida é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente, financiado pelo GEF e PNUD com o objetivo de criar um sistema de monitoramento das áreas degradadas no nordeste brasileiro, bem como monitorar as áreas de intervenções que visam mitigar os processos de desertificação realizadas nos assentamentos selecionados em Projetos, com base em Sensoriamento Remoto.

A Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS e a Associação Plantas do Nordeste – APNE são responsáveis pela execução do Projeto que conta com o apoio de um grupo de trabalho, formado por especialistas de diversas instituições brasileiras, bem como colaboradores convidados para as reuniões do GT.

O sistema desenvolvido visa apoiar gestores e a comunidade local a fim de que possam acompanhar a evolução no tempo dos processos biofísicos que desencadeiam a desertificação bem como as ações desenvolvidas nos Assentamentos, visando a Degradação Neutra das Terras – LDN, que é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS, estabelecido pela Organização das Nações Unidas -ONU.

QUEM SOMOS

COORDENADORES


Washington Franca Rocha
(UEFS/PPGM)

Tasso Azevedo
(MapBiomas)

COORDENADORA TECNICA UEFS/PPGM


Jocimara Lobão

ANALISTAS UEFS/PPGM


Diego Pereira Costa

Deorgia Souza

Rodrigo Vasconcelos

José Luis Vieira

Franz

ANALISTA ARCPLAN


Marcos Rosa

PARCEIRO DE TECNOLOGIA